"Mussum desarmava a todos com seu bom humor", diz biógrafo

“Mussum desarmava a todos com seu bom humor”, diz biógrafo

Por Pablo Pacheco*

Ele nasceu Antônio Carlos Bernardes Gomes, no dia 7 de abril de 1941, no Rio de Janeiro. Teve uma infância difícil, alfabetizou a mãe e estudou bastante até se tornar cabo da Aeronáutica. E se dividiu entre as paixões pelo Flamengo e a Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira. Mas a figura que todos os brasileiros conheceram teve outro nome e alguns padrinhos.

Graças ao…

View On WordPress

365 dias hoje

O blog faz hoje um ano. É pequeno, mas acredito que seus parcos leitores realmente estão interessados nos livros – é o que vale. Não é um blog de promoção, mas de compartilhamento, palavra tão na moda hoje. É um canal que uso para dividir experiências e também para levar informação, em respeito à minha profissão de jornalista.

Espero melhorar o blog neste próximo ano. Os livros e os leitores…

View On WordPress

A arte da entrevista, por Ramona Koval

A arte da entrevista, por Ramona Koval

Para Lily, não só por me dar o livro, mas por tudo

Livros de entrevista com escritores há aos montes. O mais tradicional talvez seja o da revista “Paris Review”, que tem dois volumes editados pela Companhia das Letras. São conversas que tratam do método, do trabalho do escritor, em que o interlocutor não é o principal da história, apenas uma ponte para o autor.

conversas-com-escritoresJá “Conversas com Escritores”…

View On WordPress

Um massacre desvendado

A história parece ficção. Um grupo de homens que ouvia uma luta de boxe pelo rádio em 1956 é subitamente levado para um bosque e fuzilado. Aqueles homens seriam esquerdistas, assim pensava o comando militar que ordenou a missão. Eram apenas homens comuns.

O fato ganhou ares de fantasia quando se descobriu que parte daquele grupo sobreviveu ao fuzilamento. E contou a história.

22190397Isso aconteceu na…

View On WordPress

"O Homem que Amava os Cachorros": um livro monumental

“O Homem que Amava os Cachorros”: um livro monumental

42155467Um livro monumental. Só lançando mão de um adjetivo na abertura do texto para conseguir falar de “O Homem que Amava os Cachorros” (Boitempo), do cubano Leonardo Padura.

Espécie de romance histórico, foi classificado por Elio Gaspari como um policial. É tudo isso e mais. Padura faz literatura policial, thriller, romance histórico e um exercício de prosa dos mais criativos e fluentes da literatura…

View On WordPress

Notas de leitura: humor, farsa e sátira

Notas de leitura: humor, farsa e sátira

EU FALAR BONITO“Eu Falar Bonito um Dia” (Companhia das Letras), de David Sedaris
Na mesma linha de Geoff Dyer, Sedaris utiliza sua vida pessoal para em seus textos. Mas se para o autor de “Ioga Para Quem Não Está Nem Aí” sua experiência vale uma análise mais próxima do ensaio, neste estamos mais próximo da crônica. Sedaris senta no divã para contar sua infância, a descoberta da sua homossexualidade e como isso o…

View On WordPress

Alberto Mussa: “O Rio sempre permitiu uma interação intensa entre membros de todas as classes sociais”

Alberto Mussa: “O Rio sempre permitiu uma interação intensa entre membros de todas as classes sociais”

A ideia é original. Contar a história do Rio de Janeiro por meio de cinco crimes, um para cada século, desde os 1500, em forma romanceada. O projeto de Alberto Mussa está no terceiro volume e já se transformou numa das melhores coisas na literatura nacional.

senhorA série começou com “O Trono da Rainha Jinga”, que retrata 1626. Depois, ele lançou “O Senhor do Lado Esquerdo”, que vai a 1913. Seu último…

View On WordPress

Apoio à leitura: de carona com o motoboy

Apoio à leitura: de carona com o motoboy

Mais uma matéria da tag Apoio à leitura. Desta vez, uma empresa de motoboys que montou uma biblioteca e distribui livros nas ruas.

*****

Por Livia Cerezoli

Na Translig, empresa de motofrete localizada na região de Pinheiros, em São Paulo, as entregas são sempre acompanhadas com um pouco de história, seja pelo conhecimento adquirido pelos motoboys ou mesmo dentro dos pacotes enviados aos clientes.

View On WordPress

Fotografia e quadrinhos se unem para retratar o Afeganistão

Fotografia e quadrinhos se unem para retratar o Afeganistão

CAPA.inddFotografia, jornalismo e quadrinhos se unem em “O Fotógrafo” (Conrad), obra em três volumes que retrata o Afeganistão nos anos 80, ainda sob a invasão da então União Soviética.

O livro, com o subtítulo “Uma História no Afeganistão”, narra a viagem que o fotojornalista francês Didier Lefèvre fez para aquele país acompanhando uma equipe do Médico Sem Fronteiras. Ele excursionou pelo Paquistão e as…

View On WordPress

Biografia de Dirceu Lopes relembra um camisa 10 que falta hoje ao Brasil

Biografia de Dirceu Lopes relembra um camisa 10 que falta hoje ao Brasil

Hodirceu-lopes-ganha-livro-capa-400-x-492uve uma época em que o futebol brasileiro podia contar com pelo menos dois camisas 10. Além de Pelé, incontestável, havia Dirceu Lopes, apelidado de Príncipe, com sua técnica elegante que encantou o Cruzeiro nos anos 60 e 70.

Num momento histórico em que o Brasil não possui mais esse camisa 10 já há um bom tempo – até a Colômbia já revelou um 10 clássico, James Rodrigues -, o blog foi atrás do…

View On WordPress